Após o fim decretado do Pânico, Band começa a demitir integrantes

A Band já começou a demitir os integrantes do Pânico, que teve o seu fim decretado. O humorístico chegará ao fim neste ano de 2017, com a última edição, que já foi gravada, exibida no dia 31 de dezembro.

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, pelo menos três pessoas já não são mais contratadas. Filipe Pontes, Igor Guimarães e Rogério Morgado tiveram a demissão anunciada pela emissora por telefone.

Rogério interpretava o Mano Brownie no quadro Master Trash, Igor fazia Indiana Jones, enquanto Filipe imitava o Bob Esponja. A Band tentou fazer um acordo amistoso de rescisão com os donos da marca Pânico.

Os humoristas que não tinham um plano B estão vivendo um verdadeiro “pesadelo”, já que não há muitas oportunidades nem mercado na TV para esse tipo de profissional.

Como se não bastasse, programas humorísticos da TV aberta como o Zorra Total, da Globo, e A Praça é Nossa, do SBT, estão promovendo vários cortes nas últimas semanas. Tudo isso é reflexo da crise vivida em todo o país.

SUBSTITUTO DO PÂNICO

De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco, a emissora já trabalha em busca de um substituto para o humorístico nas noites de domingo com o inédito e nas noites de sexta com a reprise. O novo programa deve ser um já conhecido do público.

A direção da Bandeirantes está conversando com Antonio Tabet, um dos donos do grupo Porta dos Fundos, para uma possível contratação. Antonio, o Kibe Loco, afirmou que apenas conversou com a direção do canal e que ainda não fechou nada de concreto.

Fonte: TV Foco


Was This Post Helpful:

0 votes, 0 avg. rating

Share:

admin

Leave a Comment